O conto abaixo foi escrito por Debora Pivotto, terapeuta de Leitura de Aura formada pela Escola da Aura. Debora tem escrito contos baseados nas imagens das Leituras de Aura que tem feito, já que as leituras são uma grande fonte de autoconhecimento e também de compreensão das dinâmicas que envolvem a vida nesta planeta. Link original: http://www.espiritualidadepratica.com.br/meu-lugar-no-mundo/

A mulher chega no cinema apressada e aflita. A sala está cheia e ela tem medo de não encontrar um lugar pra sentar. Vai direto para a fileira do mercado de trabalho, mas todas as poltronas estão ocupadas. E ainda tem gente de pé, só esperando vagar um lugar pra conseguir sentar. Ela então se desespera. Revolta-se. Pagou caro e se esforçou muito para chegar até ali. Como pode ficar sem lugar agora? Ao ver a confusão, o lanterninha sabido se aproxima pra tentar ajudar. Ele ouve com amor e paciência os reclames da mulher aflita e diz:

– Não se preocupe. Tem lugar para todos aqui. Você só precisa ver o que está escrito no seu ingresso. Lá tem as indicações de onde é o seu lugar.

A mulher vasculha a bolsa cheia de coisas até achar o ingresso, mas quando tenta ler o que está escrito, não consegue. Está nervosa e enxerga tudo embaçado. A ansiedade e o medo deixam sua visão completamente turva.

E enquanto todos se aglomeram e lutam para conquistar um lugar nas poltronas genéricas, do outro lado da sala, numa ala mais reservada, dezenas de lugares estão vazios. É a fileira do propósito de vida, onde as poltronas são grandes, confortáveis, personalizadas. E estão desocupadas. E de lá é possível ver  uma cadeira especial, de veludo vermelho, que tem até o nome e sobrenome da mulher gravado na lateral. É exclusiva e feita sob medida, parece um trono.

– Como faço pra chegar até ali? – pergunta a mulher, ainda ansiosa, para o funcionário do cinema.

– Dedique-se a descobrir os talentos que trouxe impressos na alma quando ingressou nesse mundo. E  encontre o lugar que só você pode ocupar – disse o lanterninha.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *